terça-feira, 17 de abril de 2012

Um sentimento passado.

Nunca fui tão romântica e disso você sabe bem. Na nossa história, o lado masculino sempre foi meu e agora devo pedir desculpas por todas as declarações de amor não respondidas. Dá para você voltar e deixar com que eu faça tudo diferente?
Acariciarei os teus cabelos que tem cheiro de maçã. Colocar-te-ei nos meus braços e cantarei para ver tua face adormecida. Tão doce, tão meigo. Farei amor com mais amor, com mais ardor, com mais desejo. Sorrirei ao te ver sorrir e te puxarei para mim a cada movimento que possa te fazer se distanciar do meu corpo.
Meu bem devo pedir desculpas ainda pelas cartas não terminadas. As suas estão aqui na caixinha decorada com corações e flores que, sem novidade, foi você quem me deu e que a decorou com tanto requinte. As linhas não acabadas me trazem dor por saber que deixei, assim como elas, o nosso amor esvair entre os dedos, ou melhor, num contínuo papel em branco.
Pergunto-me por que tão tarde fui perceber os sentimentos que por ti sinto. Pergunto-me por que não segurei tua mão com força nas horas que você não soltava a minha e pedia para eu não ir. Não sei se te mereço mais, querido. Não sei se você suportará todo o amor que tenho pra lhe dar depois de tanto desprezo e lamúria de minha parte.
As lembranças dos carinhos mais singelos me levam adiante. Recordar a tua pele, teus olhos negros, o teu cheiro de maçã me faz abrir um largo e longo sorriso amarelado de vergonha por ter te deixado ir sem motivos. Comigo resta saudade e culpa. Desculpe mais uma vez, pelo triste fim que levou o mais lindo amor que alguém poderia sentir por mim.

4 comentários:

Lê Fernand's disse...

talvez pudesse ser diferente, mas se não tivesse sido como realmente és, não saberia onde pode melhorar.

sorte!
bom voltar aqui.

Gabriela Freitas disse...

pena que a gente não pode mudar o passado, mas o futuro Miri, este, esta em nossas mãos, arrume o que erraste, segue em frente, tente de novo, só não desista do que te faz bem, mesmo que pareça tarde demais.

disse...

Às vezes a gente pensa que poderia ter feito o melhor... mas o importante mesmo é fazer do presente algo melhor para você e os outros.

Teu blog é muito fofo!

Parabéns!

Shuzy disse...

Muitas vezes os grandes amores preferem morar nas lembranças. E apenas nelas...

Postar um comentário