sexta-feira, 6 de abril de 2012

Sobre você mais uma vez.

Estou tão limitada para poder dizer algumas coisas. Meus pensamentos e desejos estão voltados para você de qualquer forma.
Lembro-me bem daqueles dias ensolarados ao teu lado. Lembro-me melhor ainda das nossas noites, madrugadas ou qualquer hora que estivéssemos juntos, mas juntos literalmente, unidos, grudados, como um só. Foram horas mágicas, inexplicáveis, inesquecíveis, indecifráveis. Até agora eu ainda sinto o teu toque, o teu cheiro, os teus lábios. Até agora ouço teus gemidos, vejo tuas caras, sinto o teu corpo nu.
Volta, vem limpar minhas lágrimas que não querem cessar. Volta, vem preencher o vazio. Volta, vem me tirar da solidão, para de dizer não, volta pro meu coração.
O que eu faço com todas as promessas ditas, todas as juras feitas, todos os sonhos planejados? O que eu faço com o amor que não morre, com a saudade que não passa? O que eu faço, o que eu fiz?
Responda-me algo. O teu silêncio está corroendo minha alma. Ferindo-me por dentro, está sangrando.
A minha cama, a nossa cama, tem sido tão companheira que parece me abraçar todo o tempo, não me permite levantar, não me deixa sair. Preciso ser reconstruída, juntar os cacos, curar a ferida.
Olhar e não te encontrar é como respirar e não encontrar o ar. Espero teus telefonemas sem me dar conta de que eles não chegarão mais, nunca mais.
Preciso gritar para dentro que não há mais chance para nós. Não há mais tempo para quem o desperdiça como você sempre faz, como você sempre fez, como sempre fará.

4 comentários:

Mara Melinni disse...

É preciso força e coragem para tomarmos as decisões que interferem na nossa felicidade!
Vc em primeiro... até que alguém queira manter-se na mesma posição, mas nunca tornando-a inferior.
Bjs e uma Feliz Páscoa!!!

Arianne Carla disse...

Às vezes pensamos que iremos superar algumas coisas muito rápido, mas nos enganamos. Elas sempre estarão lá: curadas ou não. Sempre estarão guardadas. Porém, é preciso uma força maior para nos tomar e reerguer.

Um beijo, seguindo.
http://www.eppifania.blogspot.com

Rick disse...

A gente faz tantos planos... passamos a viver como se fosse eterno.
O que fazer com os sonhos... com a saudade. Ja dizia Caio. f. a. que depois de um espaço de tempo ja nao doi mais. Mas a saudade sempre fica.

Danny disse...

oooi linda, parabéns por esse blog lindo, que eu amei, eu não conhecia, agora que conheci,vou sempre está por aqui, pois amei tudo aqui, o layout é super foofo, suas postagens são mt boas, percebi que criatividade não falta a você né?! não mesmo, todo aqui é lindo demais.. Parabéns mais uma vez linda, por se dedicar ao máximo para seus leitores, vou seguir aqui :D
Da uma passadinha lá no meu blog, se gostar, segue por favor ;*

Beijos

http://meeninamulheer.blogspot.com.br/

Postar um comentário