segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Tipo, as coisas não vão bem.
Eu tento me esforçar, tento desabafar, mas não sai como eu queria. Não consigo mais expressar o que sinto, e isso é assustador.
Às vezes eu busco no fundo da alma, mas não da minha. Busco no fundo dos olhos e não consigo enxergar, não consigo descobrir. Há algo misterioso e de dificil acesso que acaba bloqueando o desejo que tenho de expulsar esse sentimento que vem corroendo profundamente o sonho que um dia tive.
Eu não sei. Estou tentando levar a vida, empurrar meu barco. Está dificil. Sempre pensamos positivo, mas excesso de otimismo chega a ser tolice, ingenuidade. E é isso, continuarei levando um dia após o outro, é assim que deve ser e esperarei o tempo passar, o tempo curar a minha dor. Uma dor que frequentemente desaparece, mas ao retornar me tira o chão, rouba-me o ar. Eu estou tentando, estou lutando! Acredite em mim.

1 comentários:

Millena.Tarciila. disse...

Nada como dia após dia (8

Postar um comentário