domingo, 10 de março de 2013

Tudo bem.

Tudo bem. Aceito o fato de não ser a melhor companhia que alguém pode desejar.
Tem dia que estou bem, tem dia que desejo que todos sumam. É assim mesmo. Concordo com você: sou um saco!
Mas bem que podíamos tentar mudar isso juntos, não é?
Quem sabe dando uma fugida dos trabalhos nos fins de semana e indo ver o pôr-do-sol depois de uma tarde escaldante? Ou até mesmo ficando em casa, assistindo filmes, fazendo promessas, brincando de morder um ao outro ... Que tal? - Não? Ah. Tudo bem.
Pois é, tem sido assim. Um desejo imenso de uma companhia agradável. São poucos os que tem aparecido, na verdade, acho que nenhum até agora. Tenho estado mais sozinha ultimamente. Acho que não por minha vontade, talvez seja, não sei. Parece mais ser por azar mesmo ou por ser desagradável ao extremo. Sem características atrativas, qualidades inigualáveis ou aquelas coisas que cada mulher tem diferente e que atrai.
Tá, mais uma vez ... Tudo bem!

5 comentários:

Will disse...

Oi, Miri.

Revelação autêntica e permeada de sensibilidade. Mostra que quem consegue ver-se no espelho de dentro, está mesmo pronta a perceber a direção certa.

Um abraço e ótima semana para você!

Gabriela Freitas disse...

"Tenho estado mais sozinha ultimamente." eu também, por escolha, também acho. Fique bem, logo aparece alguém bacana pra te fazer companhia. To com saudades daqui, desculpe a ausência :/, é ano de vestibular e ai é aquela correria. :c
volto logo, beijos.

Shuzy disse...

Como é mesmo aquele velho ditado popular?
Antes só ...

Rabisco disse...

Olá!
Esta é a página do Facebook do meu novo livro de poesia "Em Teus Olhos Seria Vida".
Gostava de poder contar com o teu "gosto" na minha página.
Obrigado!

www.facebook.com/EmTeusOlhosSeriaVida

ou em:

poesiafaclube.com/store/josé-manuel-pereira-"em-teus-olhos-seria-vida"

=)

Lorde Croowel disse...

Opa, que saudades de passar por aqui. Bem, no que diz respeito a estar sozinho e no fundo desejar uma boa companhia...hehe, disso eu entendo. Confesso também que saber estar sozinho e abraçar a solidão é uma grande virtude. Precisamos valorizar a nossa própria companhia.

Postar um comentário